quarta-feira, 25 de abril de 2007

Inesquecível e para esquecer

-----------------------------------------------------------------------
"Um azar nunca vem só" Lei de Murphy

"Quando as coisas já não podem piorar, pioram" Primeira Lei de Chisolm
-----------------------------------------------------------------------


25/04/2007 Convívio Cagaréus/Gatões/Gafanhões/Angarna/Vale do Vouga/e outros...


Enquanto todos apregoavam que a volta de hoje ia ser molhada, andava eu iludido pelas previsões da Net.
Acordei, fui a janela e pensei... "eu sabia, isto hoje já não chove mais..."

7h50m: Peguei na minha "menina" e nos sacos com a "marmita" e arranquei para o ponto de reunião.

8h20m: Reunidas as tropas
, arrancamos para Mourisca do Vouga.

8h40m: À chegada ao campo de futebol de Mourisca o ambiente já estava ao rubro com cerca de 60 aventureiros a preparar as suas montadas.

Durante os preparativos dou com o meu primeiro azar do dia. A mochila com a comida, a água e o capacete tinham ficado à porta da pastelaria. Podem imaginar a revolta interna que isso provoca.

Um capacete emprestado, umas barras oferecidas e a promessa de partilhar água com alguns amigos, impediram que desistisse antes de partir.

Sem mochila, restava-me apenas uma pequena bolsa para colocar por baixo do selim, mas o fecho avariou-se ainda antes de a montar na bike (azar #2). Não é grave, guardei tudo nos bolsos do impermeável e...siga!!!

Quase a partir surge o azar #3: CHUVA!!! Também não é grave, eu até gosto (se não estiver frio)

Arrancamos e logo nos apercebemos que ia ser bem duro devido à quantidade de lama e poças de água que "enfeitavam" os trilhos.

Apesar da desmotivação inicial devido aos azares, comecei a divertir-me bastante com os trilhos e com o convívio.

Só me voltei a chatear com o azar #4, quando percebi que tinha vindo a deixar um rasto de mantimentos pelo caminho. O que me valeu foram algumas barras do Pedro Ferrão. (E os biscoitinhos de amêndoa muito bons nos pontos de assistência)

Mesmo com todas as contrariedades, consegui manter o optimismo, e nem mesmo a "subidinha" para a eólica me deitou abaixo.

A partir da eólica começaram os trilhos que eu realmente adoro, as decidas alucinantes, a pista do Préstimo, a descida ao Alfusqueiro, a garganta e a chegada a Valongo do Vouga. Adrenalina ao máximo e os pulsos a gemer...

Para terminar em grande, um barulho na roda traseira que se foi agravando, e uma folga enorme no eixo que a fazia parecer uma bailarina. (azar #5)

Ao chegar a casa ainda descobri que também tinha um raio partido. (azar #6)

Como tem sido hábito, acabamos em frente a uma mesa com comida e bebida que dava para nós e mais uma equipa de futebol. (e deu, literalmente)

Relato fotográfico:

Concentração em frente ao campo de futebol da Mourisca

Aqui vai o único representante da sede Bicigótica que veio fiscalizar as actividades da filial de Aveiro

Óh Michel, deixa lá ver isso!!

A tal, que nos leva à eólica...

Aqui começaram as festividades...


Óh pra eles a voar...

Em grande estilo

Novamente o Bicigodo Jerónimo


Que bem que soube... parecia quentinha!!

Olha o fantasma da serra...


Passagem pelo Alfusqueiro

E que tal um fadinho!!??


Espera lá!! Cheira-me a qualquer coisa...

... pois cheira!!


Podia ter sido um passeio para esquecer, mas foi inesquecível!

Um grande "Muito Obrigado" ao pessoal do Btt do Vale do Vouga, que teve o trabalho de preparar toda a logística e ainda nos presenteou com os "amarelos"


2 comentários:

Ferrão disse...

Foi de facto um dia inesquecível e apesar de todos os azares sofridos ficou a memória de um dia em grande onde mais uma vez o BTT e o convívio estiveram presentes.
Venham mais destes.
Ferrão

BBT disse...

Dia 27 de Maio de 2007: 3º Raid BTT de Barroselas (Viana do Castelo)


Mais informações em www.bbt-adb.com

Participem porque vai ser inesquecivel.

 
Clicky Web Analytics